RP - O ADESTRAMENTO

Ir em baixo

RP - O ADESTRAMENTO

Mensagem por Cody Saintgnue em Sex Dez 29, 2017 2:53 pm



RP


Essa RP ocorre após a festa de comemoração onde o Xerife Diego Rodriguez flagrou a infração cometida pelo novo recruta da polícia Cody Saintgnue e decidiu que ao invés de entregá-lo a julgamento daria uma nova chance ao rapaz de redimir, porém nem sempre chances são boas opções.
Copyright ©️ 2017 All Rights Reserved for Mayu Amakura at Lotus Graphics

avatar
Cody Saintgnue

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RP - O ADESTRAMENTO

Mensagem por Diego Rodriguez em Sex Dez 29, 2017 3:03 pm

I AM MASTER

Levou o garoto perfeitamente preso para a sua casa. Assim que o cavalo parou diante o enorme portão, o mesmo foi aberto pelo seu escravo. Adentrou a mansão e desceu do transporte junto com Cody. – Deixe o cavalo aqui. Leve ele pra dentro, pro calabouço e algeme ele contra os ganchos do teto, deixe ele somente nas pontas do pé e pelado. – Ordenou.

Enquanto isso, olhou para o cavalo. – Vá logo, escravo! – Deu uma chicotada na pele dele, sorrindo ao ver o vermelho que havia sido formado. Enquanto isso, segurou o cavalo e o levou até o estábulo, tirando todas as coisas e deixando-o lá. – Vamos nos divertir... Mas depois. – Falou num tom sombrio, prendendo-o em seguida com algemas.

Voltou para dentro da casa, indo até o calabouço e sorrindo ao ver o rapaz. – Escravo, pegue a coleira de choque e o cadeado. – Ordenou. – E coloque no pescoço dele. – Indicou a região do outro.

avatar
Diego Rodriguez

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RP - O ADESTRAMENTO

Mensagem por Cody Saintgnue em Sex Dez 29, 2017 3:17 pm



RP


Eu tinha 12 para 13 anos quando esse sistema foi implantado e meus pais foram classificados como escravos. Sabia que a minha mãe havia sido vendida para uma senhora que possuía fazendas ao sul do domo, mas meu pai não sabia ao certo para onde ele havia ido, tão pouco se havia tornado um escravo ou pior ainda, um animal. Os anos que se passaram vivi com meu tio e presenciava dia, após dia a forma como ele tratava os escravos e aquilo revirava meu estômago. Todos os dia prometia a mim mesmo que desejava ser um mestre diferente, mas jamais um escravo porque sabia o quão cruel alguns donos podiam ser.

Eis que a vida é cheia de surpresas e meus olhos estatalaram ao chegar diante da bela residência e encontrar o meu pai, sim o mesmo pai que não via há seis anos nú com um cinto de castidade impedindo seu órgão de ter qualquer ereção e no pescoço uma coleira. Ele não havia me encarado, apenas olhava o chão sempre fixado nos pés de Diego. Em nada lembrava o antigo dono da empresa de tecnologia que hoje pertencia a meu tio e era a empresa que fabricava os chips que escravos como ele utilizava para impedir qualquer rebeldia.

O meu coração partiu ao ver a cena, mas também senti um frio na barriga ao imaginar o que aquele homem sádico poderia fazer comigo. Em instantes ficamos a sós apenas eu e meu pai, que agora não atendia mais pelo nome de Richard Saintgnue, apenas como escravo. - Pai sou eu. Por favor fale comigo. Tentei comunicar com o homem, mas ele tinha medo no olhar, senti que desejava falar mas não falava e apenas algumas lágrimas escorreram de seu olhar vazio e triste.

As minhas mãos foram presas e minha roupa retirada. Em pouco tempo o moreno entrou e meu pai agora envolvia uma coleira em meu pescoço entregando a seu dono uma espécie de controle, em seguida se colocou de quatro a frente do homem esperando novas ordens como se fosse apenas um objeto sem vida.
Copyright ©️ 2017 All Rights Reserved for Mayu Amakura at Lotus Graphics
avatar
Cody Saintgnue

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RP - O ADESTRAMENTO

Mensagem por Diego Rodriguez em Sex Dez 29, 2017 3:25 pm

I AM MASTER

Sorriu ao ver que havia sido obedecido. – Parece um pouco abalado. – Comentou num tom debochado. – Com medo de como será sua nova vida? – Franziu o cenho, passando a língua entre os próprios lábios. – Bem, digamos que nosso trato acaba de ser quebrado. – Sorriu maliciosamente, encarando-o. – Você está com a coleira de choque e ela só pode ser retirada quando eu resolver tirar o cadeado. Aqui é a sua nova casa. Você vai ficar em cativeiro. – Encarou o mesmo, com as íris expondo o desejo em possui-lo.

– Pode gritar o tanto que quiser, ninguém irá te escutar. – Passou a língua entre os próprios lábios e focou sua atenção no escravo. – Lambe a bunda do seu novo amiguinho. – Ordenou e afastou-se, pegando uma caixa de brinquedos no armário que havia ali. Colocou numa mesa próxima e retirou prendedores de mamilo.

Andou até o mais jovem e colocou os prendedores em seus mamilos, aumentando a pressão em ambos. Sorriu ao ver a região do rapaz começar a ficar vermelha. – Você não vai sair daqui e eu vou tomar as suas coisas. Conversarei com o prefeito. Tenho certeza que, com uma boa quantia financeira, ele me passará todas as suas coisas. Desde sua casa até os seus escravos. – Riu calmamente.

Pegou um cinto de castidade e colocou no pau do menor, impedindo-o de ter ereções enquanto o escravo lambia o rabinho do mesmo. – Você pode ser meu escravo por bem ou por mal. Irá perder as coisas de qualquer jeito. – Falou com desprezo. – Quem é seu dono? – Perguntou após dar um tapa fortíssimo em seu rosto, deixando a marca de seus dedos.


Cinto de Castidade:

Prendedores de Mamilos:
avatar
Diego Rodriguez

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RP - O ADESTRAMENTO

Mensagem por Cody Saintgnue em Sex Dez 29, 2017 3:38 pm



RP

No fundo eu sabia que não deveria ter confiado naquele homem. O miserável além de ter me feito acertar o acordo em ser seu escravo com a condição de manter isso em segredo e me permitir ver os meus amigos/escravos diariamente ainda havia transformado meu pai em um pedaço de carne sem qualquer vontade própria.

O meu corpo começou a contrair a medida que a lingua do meu pai explorava meu ânus. Ele era muito bom naquilo, quase tão bom quanto meu namorado e meu ânus piscava a cada nova linguada mordiscando a lingua dele. Embora sentisse prazer era constrangedora a situação. - Filho da puta, porco mizerável, você não tem palavra, você não passa de lixo, bosta. O seu lugar não é entre nós, nem entre os escravos e sim em um chiqueiro comendo restos e mergulhando em lama e merda para ver se aprende a honrar suas palavras.

Vomitei as palavras nele e cuspi em sua face. Sabia que aquilo poderia ser o meu fim, mas preferia morrer a ser escravo daquele homem, muito menos deixar meu amado tornar um ser sem vida como meu pai. Os clamps faziam meus mamilos ficarem doloridos e comecei a me debater até perceber que consegui acertar um chute no centro das pernas dele, acertando com força seu saco escrotal.é perceber que consegui acertar um chute no centro das pernas dele, acertando com força seu saco escrotal.
Copyright ©️ 2017 All Rights Reserved for Mayu Amakura at Lotus Graphics

avatar
Cody Saintgnue

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RP - O ADESTRAMENTO

Mensagem por Diego Rodriguez em Sex Dez 29, 2017 3:52 pm

I AM MASTER

Sorriu ao ouvi-lo. – Por que está tão estressado? – Perguntou num tom debochado, encarando-o. Subitamente, o cuspe atingiu o seu rosto e, antes que tivesse tempo, um chute em suas bolas fez o xerife se afastar e arfar, gemendo com a dor. Sentiu a raiva tomar conta de seu corpo. Ah, ele não deixaria aquilo barato. O rapaz queria se divertir? Então faria isso. – Algeme os pés dele! Agora! – Gritou pro escravo, encarando Cody com fúria.

Assim que os pés dele foram algemados, sorriu, sabendo que seus movimentos seriam totalmente limitados, portanto não seria mais atingido por ele. – Põe uma gag spider na boca dele. Quero ver ela bem aperta. Vou mijar depois de brincar um pouco. Talvez você sirva como um vaso... Talvez possa substituir o escravo do evento. O que acha? – Perguntou de maneira fria enquanto o escravo colocava a gag spider na boca dele.

Aumentou a pressão em seus mamilos e então olhou para o escravo. – Tire meus sapatos. – Ordenou, encarando-o e enquanto isso, observou o outro escravo. – Gosta de chutar bolhas alheias? Então vou te ensinar como é sentir essa dor. Mas será mil vezes pior. – Sorriu maliciosamente.

avatar
Diego Rodriguez

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RP - O ADESTRAMENTO

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum